BLOG VITGOLD

  • Vitgold

Saiba como a suplementação melhora o foco e a disposição.

Atualizado: Fev 3

Resumo da Matéria:


  • Saiba quais nutrientes são importantes para que tenhamos disposição, foco e concentração para atingir os objetivos que determinamos a curto ou a longo prazo e com saúde.

  • Vitaminas do Complexo B, L-Triptofano, Vitaminas C e E, Ômega, Zinco, Colina, Coenzima Q10.

  • Fazer planos passa pela análise também dos aspectos nutricionais pois com uma alimentação equilibrada e direcionada teremos energia, foco e disposição para alcançar os resultados esperados.

  • Tanto a suplementação, quanto um alimentação rica e diversificada irão ajudar a ter mais energia, foco, concentração e preservar sua memória.


É tão bom acordar com aquela animação para cumprir as atividades que determinamos quando começa um novo dia, não é verdade? Mas nem sempre é assim...


Podemos experimentar dias de muito desânimo e nem sempre isso ocorre por apenas falta de vontade ou preguiça, nosso organismo pode estar dando sinais de falta de nutrientes importantes responsáveis por fornecer energia, disposição e concentração.

A capacidade humana de manter a concentração é restrita e depende de inúmeros fatores, desde a falta de vontade ou ânimo por algum assunto, até dificuldades específicas que interferem na capacidade de atenção seletiva; o cérebro necessita de atenção aos aspectos nutricionais para um bom funcionamento mental e físico.


Saiba quais nutrientes são importantes para que tenhamos disposição, foco e concentração para atingir os objetivos que determinamos a curto ou a longo prazo e com saúde.



VITAMINAS DO COMPLEXO B


As vitaminas do complexo B têm a função principal de converter os alimentos em fonte de energia e a sua carência causa diminuição da performance física assim como diminuição dos estímulos cerebrais para resistência a atividade físicas de longa duração.

Para quem precisa produzir melhor no trabalho ou nos estudos, nesse complexo de vitaminas temos a Tiamina (B1) que é essencial para ajudar as células a converterem carboidrato em energia e é necessária para o bom funcionamento das células nervosas e do cérebro (adaptado de: MAIHARA et al., 2006).


A vitamina B2 além de converter alimentos (carboidratos) em energia, é essencial para o crescimento de células, produção de células vermelhas e para a saúde dos olhos e da pele.

O ácido fólico é a vitamina B9, participa do metabolismo dos aminoácidos que são as estruturas das proteínas que são essenciais no processo de hipertrofia muscular por exemplo. É importante na formação dos ácidos nucléicos (DNA), sendo essencial para a formação das células do sangue.

Outra vitamina importante é a B12, a cobalamina é muito importante para o sistema nervoso central, evitando problemas neurológicos, além de reduzir o estresse e proteger o corpo da ansiedade e da depressão.

Fontes alimentares do Complexo B: vísceras, o feijão, espinafre, aspargo, brócolis, abacate, abóbora, batata, carne de vaca, carne de porco, soja, ostras, salmão, cenoura, couve, fígado, laranja, leite, maçã, milho, ovo, queijo.


VITAMINA C e E


A vitamina C e E são excelentes antioxidantes que protegem as células dos danos causados pelos radicais livres e que protegem as células nervosas do estresse oxidativo que causa doenças degenerativas como o Alzheimer e Parkinson.


Fontes alimentares de Vitamina C: morangos, pimentões, goiabas, caju, acerola, frutas cítricas.

Fontes alimentares de Vitamina E: semente de girassol, amêndoas, espinafre, avelã, azeite, castanhas, abacate.



L-TRIPTOFANO


O ritmo acelerado da sociedade moderna acaba por gerar um cansaço físico e mental que prejudica o rendimento das atividades, mas um aminoácido como o triptofano é super importante para ajudar a melhorar esse quadro, pois ele é o precursor da formação de serotonina no cérebro, um hormônio que vai proporcionar a sensação de bem-estar, um sono mais tranquilo, além de auxiliar na diminuição da ansiedade.


Fontes alimentares do Triptofano: queijo, ovo, abacaxi, tofu, salmão, nozes, amêndoas, amendoim, castanha-do-pará, abacate, ervilha, batata e banana.



COLINA


Outro nutriente aliado de uma mente tranquila e boa memória é a colina, pois é responsável pela formação do neurotransmissor acetilcolina, o qual atua na transmissão de impulsos nervosos, o que auxilia a regularizar de maneira indireta a memória e também aumenta o aprendizado.


A colina também é importante para diminuir os níveis de homocisteína que é uma substância ligada a danos cerebrais e agravamento em diversas doenças crônicas, bem presentes em doenças como o Alzheimer, Parkinson, câncer, epilepsia dentre outras.


Fontes alimentares de Colina: brócolis, amêndoas, linhaça, ovos, salmão, fígado.


ÔMEGA 3


Estudos mostram que o ácido graxo ômega 3 desempenha um papel vital na cognição e saúde mental melhorando a memória, o humor e o comportamento e reduzem os sintomas da depressão.


Por outro lado, a deficiência dos ácidos graxos ômega 3 foi relacionada ao risco aumentado de dislexia, depressão, demência, doença de Alzheimer e esquizofrenia. Além disso, as dietas ricas em gorduras trans e saturadas têm um efeito adverso à função cognitiva.


Fontes alimentares de Ômega: peixes como sardinha, arenque, atum, salmão, semente de linhaça e nozes.



ZINCO


O zinco é um mineral importante para o neuro-desenvolvimento e está envolvido na produção de neurotransmissores além de ter um papel antioxidante importante para a manter as células saudáveis, auxiliando diretamente na promoção da imunidade. Sua deficiência está relacionada a prevalência de depressão e declínio cognitivo em adultos.


Fontes alimentares de zinco: carnes, moluscos, cereais e laticínios.


COENZIMA Q10


A coenzima Q10 ou ubiquinona é uma substância presente no nosso organismo que tem sua concentração reduzida entre os 25-30 anos, após esse período sendo recomendada uma maior ingestão através da alimentação ou por meio de suplementação.


A coenzima Q10 atua na mitocôndria, uma estrutura da célula responsável pela produção de energia. Tem função antioxidante que auxilia na proteção das células no estresse oxidativo e nas doenças degenerativas. Estudos também mostraram o benefício da coenzima q10 na diminuição de quadros depressivos.


Além de melhorar o desempenho físico dando mais energia para a atividade física, ela também auxilia em um bom funcionamento cerebral.

Fontes alimentares de Coenzima Q10: abacate, amendoim, espinafre, gergelim, laranja, maçã, nozes, sardinha.

Fazer planos passa pela análise também dos aspectos nutricionais pois com uma alimentação equilibrada e direcionada teremos energia, foco e disposição para alcançar os resultados esperados.


Já começou a traçar suas metas? Vamos lá!


Siga as nossas redes sociais para acompanhar as atualizações.

Instagram: @vitgoldbrasil e Facebook: @vitgoldoficial



Extraído e adaptado de:

https://www.conquistesuavida.com.br/noticia/complexo-b-para-que-servem-as-suas-vitaminas-e-como-elas-nos-ajudam-a-viver-bem_a8864/1

http://sban.cloudpainel.com.br/files/revistas_publicacoes/264.pdf

http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/v13%20n1%20artigo5.pdf

https://www.tuasaude.com/triptofano/#:~:text=Esse%20amino%C3%A1cido%20ajuda%20a%20sintetizar,auxiliar%20no%20processo%20de%20emagrecimento.

https://funcionaisnutraceuticos.com.br/upload_arquivos/201907/2019070055026001564601645.pdf

https://www.tuasaude.com/alimentos-ricos-em-colina/#:~:text=A%20colina%20%C3%A9%20um%20nutriente,mem%C3%B3ria%20e%20maior%20capacidade%20de

https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/1165/1717

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/10/08/4-beneficios-da-coenzima-q10-e-principais-alimentos-ricos-nessa-substancia.htm#:~:text=Bastante%20divulgada%20como%20um%20suplemento,e%20at%C3%A9%20pela%20idade%20avan%C3%A7ada.


28 visualizações

Posts recentes

Ver tudo